Conheça os principais cuidados odontológicos para gestantes

Saúde e Bem-Estar -

Durante a gravidez, existe uma série de cuidados especiais que precisam ser tomados. Desde um ajuste de dieta e adequação de exercícios até exames e acompanhamentos periódicos. Um desses cuidados é o odontológico. Para entender como uma grávida deve cuidar dos dentes e esclarecer algumas dúvidas, conversamos com Jaqueline Ferreira, odontopediatra do Grupo NotreDame Intermédica especializada em odontologia preventiva.

Gestante segurando dente ao lado da barriga

Grávidas podem fazer limpezas?

Sim, grávidas podem – e devem – fazer limpezas odontológicas. A recomendação da Jaqueline é que se faça um “check up” antes de engravidar e um acompanhamento durante a gestação, preferencialmente entre o 4˚ e o 8˚ mês.

O que não se pode fazer durante a gravidez?

São contraindicados procedimentos odontológicos invasivos, como remoção de dentes inclusos, enxertos ósseos, implantes e cirurgias gengivais. Além disso, é recomendado evitar radiografias. “Em casos de emergência, como uma infecção de canal com abscesso, que tenha risco de disseminar e causar dor extrema, ou uma fratura dental acidental, pode ser indicada a radiografia digital que utiliza uma menor dose de radiação, desde que com todas as barreiras de proteção, como avental de chumbo e proteção da tireoide”, conta Jaqueline.

A dentista reforça que todas as consultas e intervenções odontológicas devem ser comunicadas ao médico obstetra que esteja realizando o acompanhamento da gestante. O cuidado precisa ser redobrado em gestações de risco, como nos casos de hipertensão, diabetes, doenças crônicas, entre outros. Nessas situações, as intervenções odontológicas devem ser previamente aprovadas pelo obstetra. “O ideal é que o médico e o dentista mantenham contato durante o período gestacional para oferecer um atendimento interdisciplinar à gestante”, completa Jaqueline.

Existem riscos dentais à gestação?

De acordo com Jaqueline, as influências hormonais na saúde bucal de gestantes são um assunto quente. “Sabemos que, durante a gestação, existem alterações hormonais fisiológicas que preparam o organismo da mãe para a chegada do bebê”, conta. Segundo ela, algumas gestantes relatam casos de sensibilidade dental e/ou gengival com sangramento, boca seca e alterações de paladar, mas essas situações podem ser tratadas desde que a paciente conte com o acompanhamento médico e odontológico adequado.

“O maior risco, no entanto, é o desenvolvimento ou o agravamento da doença periodontal”, relata a dentista, por ser um quadro infeccioso que pode causar complicações, tanto para a gestante – como risco de disseminação e comprometimento de outros órgãos –, quanto para o bebê – como nascimento prematuro, baixo peso e infecções.

Como devo realizar o acompanhamento odontológico Pré-Natal?

Jaqueline recomenda o Pré-Natal Odontológico - um acompanhamento mais próximo durante a gestação, que pode ser realizado pelo dentista que já atendia a paciente antes da gestação, um especialista em pacientes especiais ou odontopediatra.

1ª consulta: deve ser realizada no primeiro trimestre (entre o 2º e o 3º meses), apenas para um exame clínico geral (sem realização de procedimentos), e uma conversa para orientações gerais sobre higiene bucal, dieta, dicas para controlar os enjoos durante a escovação etc.

2ª consulta: no segundo trimestre (entre o 4º e o 6º meses) pode ser realizado um novo exame clínico e uma profilaxia (se necessária), além de reforço nas orientações. Caso a gestante tenha alguma queixa, esse período é o mais seguro para eventuais intervenções.

3ª consulta: no terceiro trimestre, de preferência no início do 8º mês (até a 29ª semana), para as orientações finais e cuidados de higiene bucal no pós-parto.

“O dentista também pode dar orientações sobre a importância da amamentação para o desenvolvimento correto dos ossos da face e arcadas dentárias do bebê, fator que ajuda na prevenção de futuras má́-oclusões e apinhamentos dentais”, complementa Jaqueline.

Referências

Fonte: Grupo NotreDame Intermédica com a colaboração das dentistas do GNDI Dra. Jaqueline Ferreira e Dra. Lucimeire Yzumida Cará.

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde