Caxumba pode afetar crianças e adultos

Saúde e Bem-Estar -

A caxumba é uma infecção viral aguda, também conhecida como parotidite infecciosa, caracterizada pelo aumento de uma ou mais glândulas salivares (localizadas na boca). Por conta desse inchaço, também é popularmente conhecida como “papeira”. Sua incidência é maior no inverno, quando as doenças respiratórias são mais frequentes e os vírus se propagam mais facilmente.

De evolução benigna, a caxumba pode atingir tanto crianças como adultos e afetar qualquer tecido glandular e/ou nervoso. Há casos também em que pode afetar os testículos ou, ainda, desencadear quadros de pancreatite, surdez ou meningite. Raramente resulta em óbito.

SUMÁRIO

Transmissão da caxumba

A contaminação com o vírus pode ocorrer de forma direta e indireta. A primeira sucede pelas vias aéreas, pelo contato direto com a saliva da pessoa infectada e a segunda, por meio de objetos contaminados.

Sintomas da caxumba

O principal sintoma é o inchaço das glândulas salivares. A doença ainda pode causar dor local e de cabeça, náuseas e vômitos.

Tratamento contra a caxumba

Após o diagnóstico de um médico, o tratamento se baseia no repouso do paciente e nos cuidados para amenizar os sintomas, alívio das dores, diminuir a inflamação e reduzir a febre.

Vacinação: sempre a melhor prevenção!

O Ministério da Saúde disponibiliza gratuitamente a vacina contra a caxumba. De acordo com o Calendário Nacional de Vacinação, são recomendadas duas doses, a tríplice viral, que imuniza contra a rubéola, sarampo e caxumba, e a tetra viral, que protege contra sarampo, rubéola, caxumba e varicela. 

Conteúdo relacionado no Portal GNDI

Referências

Caxumba – Ministério da Saúde - acessado em 30/8/2018
Caxumba – FioCruz - acessado em 30/08/2018
Caxumba – Hospital Albert Einstein - acessado em 30/8/2018

 

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde