Home

Cigarro aumenta as chances de ter câncer

Estima-se que um em cada cinco casos de câncer no mundo estejam relacionados ao vício do cigarro, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A boa notícia é que o tabagismo é a principal causa de morte no mundo que pode ser evitada. E os benefícios de quem para de fumar vão muito além da sensação de bem-estar físico.

Saúde e Bem-Estar

3 de Abril de 2017

Imagem referência Blog da Saúde NotreDame Intermédica

Cigarro aumenta as chances de ter câncer

Saúde e Bem-Estar -

Estima-se que um em cada cinco casos de câncer no mundo estejam relacionados ao vício do cigarro, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A boa notícia é que o tabagismo é a principal causa de morte no mundo que pode ser evitada. E os benefícios de quem para de fumar vão muito além da sensação de bem-estar físico.

Como o cigarro age no organismo - os produtos químicos da fumaça do cigarro atingem a nossa corrente sanguínea e podem prejudicar genes-chave do DNA. Calcula-se que 69 produtos químicos do cigarro sejam cancerígenos.

Cigarro é uma bomba-relógio - ele pode levar anos ou até décadas para causar câncer. Sabe-se, no entanto, que o número de anos que você fuma é um fator decisivo para a incidência da doença. Tragar poucos cigarros por dia durante 40 anos é ainda mais perigoso do que fumar duas embalagens por dia durante 20 anos.

Fumo fragiliza o corpo - as substâncias nocivas da fumaça do cigarro tornam mais difícil para o nosso corpo eliminar toxinas. Além disso, elas podem fazer com que o sistema imunológico seja menos eficaz.

Vício sem compensação - os efeitos nocivos do tabagismo não são anulados se você mantiver uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos. O cigarro faz mal sempre.

Fumo passivo - a fumaça que vem da queima da ponta do cigarro é cerca de quatro vezes mais tóxica do que a inalada, pois contém níveis mais altos de amônia e produtos químicos causadores de câncer. O fumo passivo aumenta o risco de câncer de pulmão em 25% e eleva o risco de outros tipos de câncer. Crianças expostas à fumaça do cigarro têm mais chance de contrair infecções respiratórias, asma e meningite.

Parar de fumar - as chances de sucesso triplicam quando o fumante pede ajuda. Se você já tomou a decisão de parar de fumar, busque orientação com um médico. Como o cigarro causa dependência física e psicológica, pode ser necessário o uso d

 

Soluções para você, sua empresa ou familia

Cigarro aumenta as chances de ter câncer

Saúde e Bem-Estar -

Estima-se que um em cada cinco casos de câncer no mundo estejam relacionados ao vício do cigarro, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A boa notícia é que o tabagismo é a principal causa de morte no mundo que pode ser evitada. E os benefícios de quem para de fumar vão muito além da sensação de bem-estar físico.

Como o cigarro age no organismo - os produtos químicos da fumaça do cigarro atingem a nossa corrente sanguínea e podem prejudicar genes-chave do DNA. Calcula-se que 69 produtos químicos do cigarro sejam cancerígenos.

Cigarro é uma bomba-relógio - ele pode levar anos ou até décadas para causar câncer. Sabe-se, no entanto, que o número de anos que você fuma é um fator decisivo para a incidência da doença. Tragar poucos cigarros por dia durante 40 anos é ainda mais perigoso do que fumar duas embalagens por dia durante 20 anos.

Fumo fragiliza o corpo - as substâncias nocivas da fumaça do cigarro tornam mais difícil para o nosso corpo eliminar toxinas. Além disso, elas podem fazer com que o sistema imunológico seja menos eficaz.

Vício sem compensação - os efeitos nocivos do tabagismo não são anulados se você mantiver uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos. O cigarro faz mal sempre.

Fumo passivo - a fumaça que vem da queima da ponta do cigarro é cerca de quatro vezes mais tóxica do que a inalada, pois contém níveis mais altos de amônia e produtos químicos causadores de câncer. O fumo passivo aumenta o risco de câncer de pulmão em 25% e eleva o risco de outros tipos de câncer. Crianças expostas à fumaça do cigarro têm mais chance de contrair infecções respiratórias, asma e meningite.

Parar de fumar - as chances de sucesso triplicam quando o fumante pede ajuda. Se você já tomou a decisão de parar de fumar, busque orientação com um médico. Como o cigarro causa dependência física e psicológica, pode ser necessário o uso d

Responsável pelo Conteúdo:

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar um plano de saúde