Home

A Escarlatina é Causada Por Qual Bactéria?

Saiba mais sobre a Escarlatina no Blog da Saúde. Descubra qual bactéria causa a doença, seus principais sintomas e como funciona seu tratamento. Confira!

Saúde e Bem-Estar

2 de Fevereiro de 2024

Pai com a filha pequena conversando com o médico

A escarlatina é causada por qual tipo de bactéria?

A escarlatina é causada pela bactéria Streptococcus pyogenes, também conhecida como  grupo A de estreptococo beta hemolítico. Os estreptococos são, também, agentes causadores de infecções da garganta: como amigdalites e faringite estreptocócica, e da pele (impetigo, erisipela). 

O aparecimento da infecção não depende de uma ação direta do estreptococo, mas de uma reação de hipersensibilidade (alergia) às toxinas que a bactéria produz. Assim, a mesma bactéria pode provocar doenças diferentes em cada indivíduo que infecta.


O que é escarlatina?

A escarlatina é uma doença infecciosa aguda, causada por uma bactéria chamada estreptococo beta hemolítico do grupo A. Esta condição é caracterizada por uma erupção cutânea vermelha que cobre a maior parte do corpo. A escarlatina é causada pela mesma bactéria que provoca a faringite estreptocócica, uma infecção na garganta.
 

Como é causada a doença?

A escarlatina pode ocorrer em qualquer idade, sendo mais frequente entre crianças e jovens de 5 a 18 anos. Por se tratar de uma bactéria, a transmissão faz-se de pessoa para pessoa, e dá-se por contato próximo e direto, por meio de gotículas de saliva ou secreções infectadas. Aglomerações em ambientes fechados, como creches e escolas, favorecem a transmissão, e principalmente em meses frios, após ou ao mesmo tempo que quadros de varicela e feridas cirúrgicas infectadas, contribuem para o aparecimento de surtos. 
 

Quais os principais sintomas da escarlatina

O seu início é imediato com febre, mal-estar, dores e inflamação da garganta, por vezes vômitos, dor de barriga e prostração. A febre, elevada nos dois ou três primeiros dias, diminui 
progressivamente, mas pode manter-se durante uma semana. 

A erupção da escarlatina aparece por volta do segundo dia de doença, com início no peito e expandindo-se para o tronco, pescoço e membros, poupando a região em volta da boca que se apresenta pálida, as palmas das mãos e as plantas dos pés. É constituída por pequenas manchas, cor vermelho vivo, que são mais intensas na face, nas axilas e nas virilhas. Estas alterações atingem também a língua, que se apresenta branca e saburrosa no início, ficando depois com aspecto de ‘framboesa’, devido ao aumento das papilas que adquirem um tom vermelho arroxeado nos bordos e na ponta da língua. 

A erupção da escarlatina, que confere à pele com um toque áspero, desaparece ao fim de seis dias, acompanhada de uma descamação fina durante alguns dias. Nas mãos e nos pés a descamação pode ser em lâminas. 


Qual o exame que detecta a escarlatina?

A confirmação do diagnóstico é muito importante para iniciar o tratamento ideal com antibióticos e evitar complicações. Com isso, existem quatro tipos de exames que podem detectar a escarlatina:

Laboratorial: a cultura de orofaringe (ou cultura de garganta) é o principal exame para a identificação do estreptococo ß hemolítico do grupo A. 

Testes para anticorpos no soro da fase aguda e de convalescença: são úteis para indicar uma possível infecção por estreptococo do grupo A, mas não são ideais para diagnosticar ou tratar a infecção de imediato. Isso ocorre porque leva de 2 a 4 semanas desde o início dos sintomas para que o aumento significativo nos níveis de anticorpos seja observado.

Os testes rápidos de detecção de antígeno como o látex, se disponíveis, podem ser usados; entretanto, apesar da alta especificidade (95%), sua sensibilidade é baixa (76% a 87%). 

Hemograma: que apresenta-se com leucocitose, neutrofilia e desvio à esquerda, e eosinofilia, principalmente nos primeiros dias de infecção.
 

Como funciona seu tratamento?

O tratamento pode ser iniciado até oito dias após o início do quadro, e o tratamento padrão para a escarlatina envolve o uso de antibióticos, geralmente da classe da penicilina, para combater a infecção bacteriana. Outros antibióticos, como a azitromicina ou cefalosporina, podem ser recomendados para pacientes alérgicos à penicilina.

O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são fundamentais para prevenir complicações da fase aguda, promover uma recuperação rápida e evitar a disseminação da infecção. Deste modo, é recomendado seguir rigorosamente as recomendações médicas, e em caso de dúvidas, buscar assistência de um profissional de saúde. 

PERGUNTAS FREQUENTES
 

Hospitais / Clínicas / Laboratórios que atendem a especialidade perto de você


Encontre hospitais que atendem a especialidade que deseja através de uma rápida pesquisa na internet, seja em sites de busca como o Google ou mesmo em sites voltados a área da saúde. Se preferir, entre em contato com sua operadora de saúde ou peça recomendações a amigos e família.
 

Se eu não tiver cobertura de saúde, quais são os custos das consultas e procedimentos?

Atualmente, é possível encontrar consultas com infectologistas a partir de R$124, mas o valor vai depender da região e do profissional escolhido. Entre em contato com o consultório previamente para saber mais.

Mas se busca por um plano de saúde, capaz de facilitar seu acesso a exames e procedimentos e que cuide de você e da sua família de forma completa, faça uma cotação com a NotreDame Intermédica.
 

Em quanto tempo posso esperar receber os resultados dos meus exames?

O tempo necessário para obter os resultados dos exames para detectar a escarlatina pode variar com base em vários fatores, incluindo a rapidez com que o laboratório processa as amostras e o tipo específico de teste realizado. Geralmente, os resultados dos exames para a escarlatina podem estar disponíveis em alguns dias a uma semana após a coleta das amostras.
 

O médico está disponível para consultas por telemedicina, se necessário?

Sim, o profissional está disponível!  Se você precisar de assistência ou tiver alguma preocupação, ficaremos felizes em agendar uma consulta virtual para ajudá-lo da melhor maneira possível.

Soluções para você, sua empresa ou familia

Quero cotar um plano de saúde