Saiba mais sobre a relação entre saúde bucal e saúde emocional

Saúde e Bem-Estar -

É notório que atualmente há uma preocupação maior com a imagem e a aparência pessoal. E ter um sorriso bonito está no topo da lista de desejo de muitas pessoas.

“Ter os dentes bonitos não é apenas uma questão de saúde e estética, envolve também questões psicológicas e sociais, uma vez que o sorriso está diretamente ligado à autoestima e à autoconfiança”, explica Laura Ferreira Oliveira, cirurgiã-dentista do Grupo NotreDame Intermédica.

A profissional do GNDI complementa que, muitas vezes, somente manter a saúde bucal não é suficiente para que a pessoa se sinta segura, seja no âmbito profissional, social ou pessoal. Dentes tortos, amarelados e com formato discrepante podem facilmente mudar a vida de alguém, fazendo com que deixe de sair com amigos, se relacionar ou até mesmo causar insegurança na hora de uma entrevista de emprego, por exemplo.

Por isso, houve um aumento na procura por tratamentos odontológicos que melhoram a estética, como clareamento dentário, harmonização facial, ortodontia e colocação de facetas ou lentes de contato.

homem e criança afrodescendentes escovando os dentes

Tratamentos odontológicos que melhoram a estética

A Odontologia oferece muitas opções de procedimentos que aprimoram as funções orais – como a mastigação e a respiração –, trabalham a estética e contribuem para elevar a autoestima. Laura Ferreira Oliveira cita alguns exemplos:

  • Clareamento: indicado para dentes com alteração de cor. O tratamento pode ser feito em sessões no consultório ou então personalizando placas que o paciente utiliza em casa por algumas semanas adicionando um gel clareador fornecido pelo dentista.
  • Ortodontia com alinhadores transparentes: é uma excelente alternativa para quem quer corrigir o alinhamento dos dentes de uma forma discreta. Adultos têm optado por esse tipo de aparelho ortodôntico.
  • Ortodontia com aparelhos convencionais (como os braquetes): corrige a mordida e alinha os dentes. É muito usado por adolescentes.
  • Aumento de coroa dental: para corrigir dentes que são muito curtos, parte do tecido ósseo e gengival é removido por meio de um procedimento cirúrgico.
  • Correção de sorriso gengival: deixa o sorriso mais harmonioso porque remove o excesso de gengiva que está cobrindo os dentes, deixando-os mais simétricos e expostos.
  • Instalação de lentes de contato ou facetas: indicada para alterar o formato e a cor dos dentes. É feito um desgaste mínimo nos dentes que vão receber as lentes de contato, depois é realizada a moldagem, um estudo com o formato do sorriso e a confecção de dentes provisórios. Após a aprovação do paciente, são confeccionadas as lentes de contato (ou facetas) finais que serão colocadas pelo dentista.
  • Harmonização facial: os procedimentos mais comuns são aplicação de toxina botulínica e preenchedores para melhorar a estética do rosto e também para terapias. A toxina botulínica ameniza e previne sinais superficiais de expressões faciais, por exemplo, os pés de galinha. Já os preenchedores dão formato e volume para regiões específicas do rosto, como lábios, olheiras, malar, queixo e nariz. Ambos são reabsorvíveis pelo organismo e devem ser retocados de tempos em tempos.

Referências

Fonte: Grupo NotreDame Intermédica com colaboração da cirurgiã-dentista Laura Ferreira Oliveira. 

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde