Home

Cólica menstrual: como aliviar as dores?

A cólica é um dos principais sintomas do início do ciclo menstrual. Mas, quando há mudanças na intensidade ou surgem sem motivos, podem estar ligadas a patologias. Veja mais no GNDI.

Saúde e Bem-Estar

8 de Setembro de 2021

Imagem referência Blog da Saúde NotreDame Intermédica

Cólica menstrual: como aliviar as dores?

Saúde e Bem-Estar -

A cólica é um dos principais sintomas do início do ciclo menstrual – e pode ser o maior incômodo durante a menstruação. Embora sejam comuns para algumas pessoas, podem estar ligadas a patologias quando há mudanças na intensidade ou aparecem sem causa aparente. Por isso, o acompanhamento anual com ginecologista e check-ups são essenciais.

 
 
 

Soluções para você, sua empresa ou familia

É normal sentir cólica?

Segundo a ginecologista do Grupo NotreDame Intermédica, Juliana Pierobon, toda pessoa que menstrua tem cólicas em algum momento da vida: algumas sentem desconfortos leves;, outras têm dores mais intensas e precisam ficar de repouso ou fazer uso de medicamentos. “A cólica é uma contração do músculo do útero, uma reação aos hormônios da menstruação. Por isso, é muito comum surgirem no início do ciclo menstrual”, explica.

No entanto, essas dores podem estar ligadas a algumas doenças, como síndrome do ovário policístico e endometriose, além de outros problemas. Para prevenir essas doenças e fazer um tratamento precoce é importante passar por consultas anuais com ginecologista e realizar exames de rotina.

Quando procurar ajuda?
Os primeiros dois anos do ciclo menstrual não são decisivos quando o assunto é cólica. “É comum, pois o corpo ainda está se adaptando à menstruação”, explica a ginecologista. A mulher deve se preocupar quando, já na idade adulta, a intensidade muda sem nenhum motivo aparente – por exemplo, alguém que sempre teve cólicas leves passar a ter cólicas muito intensas. “Quando é assim, pode estar ligado a um mioma ou outra patologia. É importante procurar um especialista para investigar a causa”, aconselha Juliana. 

Mas, quem sofre de cólicas intensas, mesmo sem nenhuma patologia, também pode procurar a ajuda de ginecologista para descobrir qual o melhor medicamento para aliviar as dores. E se as cólicas estão entre os principais motivos para procurar um anticoncepcional, alguns métodos também podem ajudar a diminuir a incidência e controlar os ciclos menstruais mais intensos.

Formas para aliviar a dor

Repouso, bolsa térmica quente na barriga e anti-inflamatórios são os melhores remédios para quem tem cólica. “Os medicamentos anti-inflamatórios atuam diretamente no sintoma e ajudam a aliviar a dor”, afirma a ginecologista.

A especialista aconselha, ainda, evitar atividades sexuais desprotegidas no início do ciclo. “O sêmen tem prostaglandinas, um hormônio que causa cólica durante o ciclo menstrual. Por isso, o contato dele com o útero pode intensificar ou causar cólicas em algumas pessoas”. Já andar descalço ou pegar friagem não pioram a cólica: “é papo de avó”, brinca.

Referências

Fonte: Grupo NotreDame Intermédica com colaboração da ginecologista, Juliana Pierobon.


Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Referências

Responsável pelo Conteúdo:

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar um plano de saúde