Máscara de tecido pode diminuir em 70% as chances de contaminação do Coronavírus, se usada corretamente

Saúde e Bem-Estar -

No início da pandemia do novo Coronavírus, era recomendada a utilização de máscaras de proteção apenas àqueles que estivessem com sintomas da COVID-19 e aos profissionais da saúde. Mas, com o número de casos aumentando exponencialmente e como muitos pacientes não possuem os sintomas e ainda assim transmitem o vírus, o Ministério da Saúde passou a recomendar a utilização da máscara desde o começo do mês de abril. Em alguns estados, quem não utilizar o equipamento em locais públicos pode ficar sujeito a pagamentos de multas.

Com a obrigatoriedade, é recomendado o uso de máscaras caseiras de tecido, pois as cirúrgicas devem ser destinadas a profissionais da saúde e cuidadores. Com modelos e estampas diferentes, é possível inovar sem deixar de cuidar da saúde e ainda economizar, já que elas podem ser reutilizadas várias vezes.

A máscara de tecido protege o rosto e diminui em 70% as chances de contrair a doença, pois forma uma barreira e evita que nariz e boca fiquem expostos. Todos podem confeccioná-las em casa ou comprar de pequenos produtores, pois empresas maiores tem menos chances de entrarem em falência e ainda podem cobrar mais caro pelo acessório.

Molde de máscara sendo recortado no papel

Como fazer máscara de tecido em casa

Há diversas formas de confeccionar máscaras de tecido em casa. Elas podem ser feitas com ou sem costura, com camiseta e até lenços ou bandanas.

O primeiro passo para qualquer um dos métodos é escolher o tecido e estampa de sua preferência – pode ser algodão, tricoline ou TNT. O importante é ser composta em dupla face, ou seja, tenha pelo menos duas camadas de tecido para proporcionar uma barreira ainda melhor.

Com máquina de costura

  1. Recorte dois pedaços de tecido, com a proporção próxima de 25x15 centímetros (se for para criança, pode ser menor) e coloque um em cima do outro. Costure os dois pedaços juntos.
     
  2. Dobre as pontas para dentro – 0,5 centímetro do lado maior e 1 centímetro do lado menor – tomando cuidado para deixar a estampa para o lado de fora. Costure as pontas, e deixe um espaço para passar o elástico por dentro.
     
  3. Agora é a vez do espaço para as orelhas. Corte dois pedaços de elástico com 15 centímetros de comprimento cada. Passe cada um entre os espaços das bainhas mais largas. Depois, amarre as pontas.
     
  4. Para que os nós não apareçam, puxe o elástico com cuidado até que as pontas fiquem escondidas por dentro. Após verificar se a máscara está adequada para o seu rosto, costure de forma permanente para que o elástico não saia do lugar.

 

Usando apenas uma camiseta

  1. O primeiro passo é fazer um molde com papel. Pegue uma folha A4 (tamanho padrão de folha de sulfite). Com uma régua e uma caneta ou lápis, marque 25 centímetros no maior lado da folha e 15 centímetros no menor. Tome cuidado para desenhar um retângulo reto. Depois, recorte o retângulo com uma tesoura.
     
  2. Pegue a camiseta de sua preferência e recorte a bainha e as costuras laterais. Depois, coloque o molde em cima da camiseta e faça uma dobra para deixar com duas camadas do tamanho do molde.
     
  3. Verifique se o pedaço dobrado está reto e do tamanho da sua folha de papel. Se estiver, recorte a camiseta usando o molde como referência.
     
  4. Mantenha o tecido dobrado e em seguida dobre no meio juntando os dois lados que formam 25 cm; depois faça o mesmo com os lados que formam 15 centímetros;
     
  5. Com uma tesoura, recorte arredondando as pontas do lado aberto para retirar os “bicos” (cuidado para não cortar as dobras).
     
  6. Com o tecido ainda dobrado, marque 1,5 centímetro na vertical do lado arredondado e 3 centímetros da parte dobrada para o outro lado. Depois, com o auxílio da régua, corte os 3 cm em linha reta. Este será o espaço para colocar suas orelhas.
     
  7. Abra o tecido na posição inicial (25x15) e verifique se a máscara está adequada para o seu rosto. Se estiver pequena, faça ajustes cortando um pouco mais nos espaços de colocar as orelhas. Se ainda assim não estiver adequado, repita tudo testando novas proporções.

Com lenço ou bandana

  1. Separe um lenço ou uma bandana e dois elásticos, que podem ser de escritório ou de cabelo.
     
  2. Dobre tecido escolhido na horizontal duas vezes para que forme um retângulo.
     
  3. Passe os elásticos pelas pontas e dobre as pontas para dentro. Depois, puxe os elásticos para fora.
     
  4. Coloque os elásticos nas orelhas e adeque o tecido para cobrir seu rosto de forma que não fique largo nem apertado.

Cuidados com a máscara de tecido

- A máscara de tecido é tão eficaz quando as outras, no entanto, não substitui as medidas de higiene, como lavar as mãos corretamente, a quarentena ou distanciamento social. Por isso, mesmo quando estiver com o equipamento, mantenha a distância de 1,80 metro de outras pessoas.

- Certifique-se de que a máscara cobre todo o seu rosto. Ela não deve ficar larga com espaços abertos dos lados; nem muito apertada. Deve cobrir o nariz inteiro até o queixo.

- É preciso trocar toda vez que ela estiver suja ou úmida, ou a cada duas horas de uso.

- Deve ser higienizada corretamente toda vez que for usada: com água e água sanitária ou sabão, totalmente seca e guardada em um saco plástico limpo.

- A máscara é de uso individual e não deve ser compartilhado com membros da família.

- Cada pessoa deve ter de duas a cinco máscaras, no mínimo.

- Leve sempre uma máscara reserva e uma sacola para guardar a máscara usada.

- Evite tocar na máscara.

Referências

Fonte: Grupo NotreDame Intermédica com informações do Portal Uol, Galileu, CNN e Ministério da Saúde – acesso em 13/05/2020.

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde