Descubra 8 ingredientes fáceis de substituir para uma alimentação mais saudável

Saúde e Bem-Estar -

Substituir alguns alimentos consumidos no dia a dia pode ser uma boa forma de regular o peso e outros marcadores, como colesterol e glicose, tornando a alimentação mais saudável e nutritiva. Trocas simples podem fazer uma grande diferença com o passar do tempo.

Criança nas costas do pai e ambos cozinhando felizes

Pães brancos e farinha

A primeira sugestão é trocar pães brancos por integrais. O benefício que isso traz para a saúde diz respeito especialmente à glicose e ao controle de peso. A farinha de trigo refinada, após a digestão, causa um pico na glicemia e favorece o ganho de peso. Ao utilizar pães e outros ingredientes integrais, a glicose é liberada e utilizada lentamente, evitando os estoques na forma de gordura.

Na hora de fazer um bolo, por exemplo, uma sugestão é trocar a farinha de trigo refinada por integral ou até por farelo de aveia que, além de ajudar no controle da glicose, também oferece fibras alimentares, as quais trazem benefícios especialmente para o sistema digestivo.

Cereais matinais e guloseimas

Por falar em farelo de aveia, este também pode ser um ótimo substituto para os cereais matinais. Caso essa troca não se adeque ao seu gosto, opte por cereais sem adição de açúcar.

Isso vale para guloseimas como balas e chicletes: prefira opções sem adição de açúcar, o que reduz significativamente o valor calórico.

Adoçantes

No lugar do açúcar refinado existem várias opções mais saudáveis disponíveis no mercado - desde o açúcar mascavo e o demerara, até o açúcar orgânico e o de coco.

Já pensou em usar o mel de abelha para adoçar frutas, bolos e chás, por exemplo? O mel, além de mais natural do que o açúcar, oferece uma série de benefícios para a saúde, como ajuste de colesterol e fortalecimento do sistema imunológico. Além disso, o mel é uma substância antioxidante. Entretanto, o mel contém calorias; então, preste atenção para não exagerar.

Leite de vaca

Hoje em dia, e cada vez mais, leites de origens alternativas estão disponíveis no mercado. Leite de castanha, amêndoas, soja e coco são alguns exemplos. Além de fontes de proteína, os leites de origem vegetal podem ajudar no controle de peso e no ganho de massa magra, além de eliminar a gordura animal que integra o leite de vaca. Entretanto, eles possuem valor calórico considerável - é necessário moderação no consumo.

Pipoca

Sempre que possível, opte pela pipoca feita em casa e não pela industrializada, tanto as que vêm prontas em pacotinhos, quanto as de micro-ondas. A pipoca de panela preserva os nutrientes e antioxidantes do milho, e não é necessário adicionar gorduras: é possível fazê-la apenas com água e sal.

Refrigerantes

Ao invés de consumir refrigerantes, que são muito ricos em açúcares e sódio, tente substituir por sucos naturais, água de coco ou água com gás aromatizada. Assim, é possível oferecer ao organismo fibras, vitaminas e minerais.

Chocolate

Quando dá aquela vontade de doce, tente trocar o chocolate por frutas. Ricas em fibras, elas geram a sensação de saciedade enquanto auxiliam o funcionamento intestinal e, ao contrário do chocolate, não têm colesterol, gordura ou açúcares adicionados.

Caso a vontade por um pedaço de chocolate permaneça, prefira os com menos adição de açúcar, como chocolates meio amargos, com maiores porcentagens de cacau.

Frituras

Sempre que possível, opte por alimentos assados em vez de fritos. Assim, a quantidade de calorias ingeridas diminui, além de eliminar uma grande quantidade de gorduras.

Referências

Fonte: Grupo NotreDame Intermédica com a colaboração da nutricionista do GNDI Dra. Sabrina Caldas da Silva e com informações dos sites Tudo Gostoso e Conquiste sua vida. - Acesso em 22/04/2021

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde