"Toque Nesse Assunto" é tema de encontro na Medicina Preventiva

Beneficiários são convidados a saber mais sobre a prevenção do câncer de próstata

O movimento mundialmente conhecido como Novembro Azul vem ganhando cada vez mais repercussão, pois a maioria dos homens está deixando o preconceito de lado e se engajando para prevenir o câncer de próstata, uma das principais causas de morte entre esse público. Em referência a essa ação, a área de Serviço Social da Unidade Medicina Preventiva - QualiVida de São Paulo, do Grupo NotreDame Intermédica, realizou, em 22 de novembro, o evento "Toque Nesse Assunto", destinado aos pacientes oncológicos.

Bruna Boromello, nutricionista da Unidade, explicou aos participantes - tanto homens, como mulheres - a importância de se alimentar corretamente, todos os dias, ao ingerir, por exemplo, frutos do mar, peixes, amêndoas, legumes, verduras, frutas e oleaginosas, por terem diversas vitaminas, proteínas e nutrientes fundamentais para o fortalecimento do sistema imunológico, além, é claro, de auxiliarem na prevenção do câncer de próstata e outras doenças.

A água é outro fator fundamental. "Nosso corpo é composto por 70% de água. Imagine se não nos hidratarmos corretamente?", questiona Bruna. "É recomendável bebermos, em média, dois litros por dia", acrescenta.

 

Por que se prevenir?

Segundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer), estimam-se 61,2 mil casos novos de câncer de próstata para o Brasil, em 2016. Esses valores representam um risco estimado de pouco mais de seis novos casos a cada 10 mil homens, um volume alto, mas que poderia ser evitado se a prevenção fosse feita precocemente.

Francisco Miguel Correa, coordenador do Centro de Oncologia do Grupo NotreDame Intermédica, iniciou a palestra sobre a importância da prevenção ao abordar que o exame do PSA, conhecido por Antígeno Prostático Específico, não é capaz de indicar, isoladamente, o diagnóstico da doença. "É fundamental os homens fazerem o exame do toque retal, pois ele é capaz de oferecer um resultado mais preciso", destaca. Em algumas situações, de acordo com o especialista, pode ser necessária a biópsia.

 

Riscos e sinais de alerta

Existem fatores de risco que podem aumentar a possibilidade de ocorrência do câncer de próstata, tais como fatores hereditários, a própria idade e, obviamente, se o homem tem uma dieta rica em gordura animal. ¿Ainda não se tem informações conclusivas sobre os motivos, mas percebe-se maiores chances de os homens negros apresentarem câncer de próstata, provavelmente devido a questões hormonais¿, comenta Francisco Miguel.

A fase inicial do câncer de próstata apresenta evolução silenciosa, sem causar sintomas, porém, alguns sinais precisam ser observados: dor ou queimação ao urinar; jato urinário fraco; necessidade frequente de urinar (principalmente à noite); e presença de sangue na urina e/ou no esperma. "Havendo alguns desses sinais, é importante conversar com o urologista e fazer os exames necessários", afirma Correa.

 

Outros pontos que merecem atenção

Obviamente, nossa boca é a porta de entrada de alimentos e bebidas, mas também de doenças quando os devidos cuidados não são adotados. Para Jaqueline de Carvalho Ferreira, coordenadora técnica de Odontologia Preventiva do Grupo NotreDame Intermédica, é essencial termos atenção quanto à higienização. "Isso precisa ser levado ainda mais a sério quando a pessoa utiliza próteses. Se mal higienizadas, podem causar feridas na boca".

Os cuidados ao qual a especialista se refere são para prevenir a mucosite bucal - lesões semelhantes a aftas que dificultam a ingestão de alimentos, inclusive líquidos, aumentando, deste modo, o risco de infecções. E, durante o tratamento de quimio e radioterápico, a tendência é de a boca ficar seca, justamente em função dos efeitos colaterais.

Portanto, para estimular a salivação e evitar a mucosite bucal, a dentista recomenda o consumo de queijo branco, ricota, folhas verde-escuras, leite desnatado, iogurte natural e bebidas com lactobacilos. "Existem algumas terapias para combater e tratar essa doença, tais como a laserterapia", comenta. Logicamente, os tratamentos devem ser realizados sempre com o aval de uma equipe multidisciplinar.

Para finalizar o encontro, os presentes no evento foram convidados a participar de uma sessão de relaxamento e alongamento. Houve, também, distribuição de brindes.

 

Acesse nossas Redes Sociais: