Olho de peixe ou verruga plantar

Saúde e Bem-Estar -

O olho de peixe – ou verruga plantar – é um tipo de erupção cutânea que pode surgir na planta dos pés. É causada pelo vírus HPV, mais especificamente os subtipos 1, 4 e 63. Este tipo de verruga é muito semelhante a um calo e, por isso, pode dificultar o caminhar devido à presença de dor ao andar.

Apesar do HPV ser relacionado ao surgimento de alguns tipos de câncer, o olho de peixe não é um tumor. Logo, pode ser tratado com loções de farmácia que removem a camada mais externa da pele. O ideal é que sempre se consulte um dermatologista ou um podólogo para saber qual a melhor opção de tratamento.

Enfermeira sentada com luvas massageando pé do paciente

Origem e causas

O olho de peixe aparece quando alguns subtipos do vírus HPV conseguem penetrar na pele dos pés, seja por meio de pequenos cortes, feridas ou pele seca. Embora o HPV provoque o aparecimento do olho de peixe e não seja facilmente transmitido de uma pessoa para a outra, é comum que entre em contato com a pele do pé a partir de andar descalço em locais públicos úmidos, como banheiros ou piscinas.

A verruga causada pelo vírus pode aparecer em qualquer pessoa, mas é mais comum em situações em que o sistema imune está mais enfraquecido, como acontece em crianças, idosos ou pessoas que têm algum tipo de doença autoimune.

Sinais e sintomas

O olho de peixe tem como principal característica o aparecimento de uma verruga na planta do pé, acompanhado de alguns possíveis sinais: pequena elevação na pele; lesão com formato arredondado; coloração amarelada com vários pontinhos pretos no meio; uma ou mais situações semelhantes, espalhadas pela planta do pé; desconforto ao andar.

Tratamento

O tratamento para olho de peixe é feito por um dermatologista ou podólogo. Ele pode recomendar loções à base de ácido salicílico, ácido nítrico ou ácido tricloroacético. Normalmente, a utilização desses cremes é de uma vez ao dia, servindo para esfoliar quimicamente a pele, removendo pouco a pouco a camada mais superficial, até eliminar por completo a verruga plantar.

Porém, caso o problema já esteja em uma etapa mais avançada – alcançando regiões mais profundas da pele, por exemplo – pode ser necessária uma pequena cirurgia, que resultará na remoção da verruga plantar. Tudo será decidido pelo profissional recomendado, o dermatologista ou podólogo.

Referências

Doctor Feet
Tua Saúde
Derma Club

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde