Hospital Paulo Sacramento prepara ações especiais de incentivo à amamentação

Em parceria com o Sesc Jundiaí, o Hospital realiza em evento aberto ao público, no dia 4 de agosto, a "Roda de Conversa", para esclarecer questões relacionadas ao aleitamento materno

O Hospital Paulo Sacramento, que faz parte da Rede Própria do Grupo NotreDame Intermédica, preparou diversas ações para a Semana Mundial de Aleitamento Materno, comemorada de 1 a 7 de agosto. Entre elas, destaque para a "Roda de Conversa" que será realizada no dia 4 de agosto, a partir das 14h, no Sesc Jundiaí. Na ocasião, profissionais da saúde irão promover conversas de forma clara e didática sobre o aleitamento e sustentabilidade, fisiologia da mama e manejo da lactação. O evento é aberto ao público.

Novas pesquisas reafirmam a importância da amamentação exclusiva por seis meses e continuada por dois anos, com introdução de alimentos complementares. O leite materno proporciona a melhor nutrição e reduz o risco de certas doenças, incluindo diarreias, problemas respiratórios, de ouvidos e infecções urinárias. "Assumimos como uma importante missão a de levar para toda a comunidade a ideia da importância da amamentação para a saúde das crianças, favorecendo o resgate da cultura do aleitamento materno", revela Bianca do Prado, psicóloga do Hospital Paulo Sacramento.

A Semana Mundial de Aleitamento Materno 2016 (SMAM 2016) traz um tema amplo e que vem ao encontro de uma situação atual do mundo: o desenvolvimento sustentável. O tema exige uma reflexão que ultrapassa os limites da questão ecológica da amamentação. O ato de amamentar é um componente essencial nos cuidados com a criança, contribuindo para que tenha uma melhor saúde e desenvolvimento. A amamentação também reduz o risco de câncer de mama, de ovário e de anemia por deficiência de ferro.

Amamentar é reduzir morbidade, mortalidade, desigualdades, violência, danos ambientais. Amamentar é promover a vida e a saúde e melhorar sua qualidade, é intensificar as relações sociais, é um resgaste cultural da condição humana, é segurança alimentar e nutricional, é reduzir impactos ambientais, é sustentável.

A programação do Hospital Paulo Sacramento contempla diversas ações internas e externas:

Abertura 01/08 - Almoço e jantar especial para os colaboradores do hospital. 

No dia 02/08 às 19h30 - Apresentação musical do Madrigal CLAP no período noturno no hospital.

No dia 03/08 - Palestra Aleitamento Materno e Prematuridade, é possível?

Palestrante: Dr Francisco Hidalgo. (Palestra interna)

No dia 04/08 às 14h - Roda de conversa no SESC Jundiaí 

Aleitamento & Sustentabilidade.

Fisiologia da mama.           

Manejo da lactação (posicionamento, pega e livre demanda).

Sobre o Hospital Paulo Sacramento

O Hospital Paulo Sacramento é referência em aleitamento materno no município, pois foi o primeiro hospital privado em rede nacional a receber o selo de Hospital Amigo da Criança. Em 2012, profissionais do Paulo Sacramento foram convidados para apresentar as ações de parto humanizado e taxa de cesárea na reunião da Rede Cegonha, em Brasília, na presença do Ministro da Saúde. Nesta reunião, o hospital Paulo Sacramento foi apresentado como referência nacional nesta ação.

A média de cesáreas do HPS é de 45%. O site do Ministério da Saúde mostra que a média de cesárea nacional na rede privada é de 80%.

O Hospital oferece vários grupos de apoio para as gestantes, realiza visita a maternidade e centro obstétrico, grupo Dia da Gestante onde aborda alterações físicas e emocionais durante a gestação, incentivo ao parto normal, fortalecimento do assoalho pélvico, manejo clínico da amamentação, posição de mamada, pega e livre demanda, e os cuidados com o recém-nascido. 

Além do apoio de enfermeiras obstetrizes, que são profissionais especializadas nesse tipo de parto, a nova mamãe poderá contar com a presença de acompanhante de sua escolha e também de uma doula certificada.

O Hospital possui, também, o Alojamento Conjunto, que permite que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia. Neste alojamento, é incentivado o aleitamento materno sob livre demanda e as mães são orientadas sobre os sinais de fome que o bebê transmite. É, ainda, permitido um acompanhante no alojamento conjunto e a visita é livre das 09h às 21h. Na UTI Neonatal, o acesso é livre para os pais e também há um horário especial para os avós realizarem a visita.

O hospital permite, também, o acompanhamento da escolha da mãe, durante o pré-parto, parto e o pós-parto (PPP) até a alta hospitalar.  

O Hospital Paulo Sacramento conta com salas PPP, ou seja, salas preparadas para os três momentos (pré parto, parto e pós-parto) sem que a gestante precise ser transferida de uma sala para outra, sem lhe causar incômodo algum. Nessas salas, conta com uma banheira/barra/cavalinho e bola, instrumentos importantes para a condução do parto.