Plano de saúde para idoso: vale a pena?

Artigos Boas práticas Dúvidas gerais -

Outubro é o mês dedicado ao idoso, sendo que o dia 1º de outubro é o Dia Internacional do Idoso desde 1991 quando a ONU institucionalizou a data como uma forma de sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar a população mais idosa.

No Brasil, a comemoração segue o padrão mundial desde 2006 para celebrar o Estatuto do Idoso. Pela importância do tema, o Grupo NotreDame Intermédica preparou uma série de artigos, tratando sobre cuidados com saúde e convênios médicos.

Em relação aos convênios médicos, os altos custos podem fazer com que pessoas com idade avançada sejam desencorajadas a contratar, apesar de precisarem de assistência à saúde. Desta forma, muitos ficam dependentes do Sistema Único de Saúde (SUS) ou deixam para passar em consultas quando já estão doentes – o que não é o ideal. 

Mas, será que vale a pena contratar um plano de saúde? Neste artigo, o Grupo NotreDame Intermédica vai tirar todas as dúvidas sobre este assunto.

idosa-sorrindo

SUMÁRIO

Avaliação

Planos com preços competitivos podem ser atrativos, já que os convênios para pessoas com mais de 60 anos costumam ser famosos pelos preços bem salgados. Mas, não é só o custo que precisa de atenção: é importante avaliar os serviços que cada plano oferece e se eles estão listados no Rol de Procedimentos e Eventos da ANS

O beneficiário também deve se atentar às redes - credenciada e própria - do convênio e escolher as opções que ofereçam mais fácil acesso, para evitar transtornos com deslocamento. Se a pessoa viajar muito, deve olhar aqueles planos com abrangência nacional em vez de regional, para ser atendida em qualquer lugar do país, caso haja emergências. 

Por que os custos são tão altos?

Os planos ficam mais caros na terceira idade por conta do uso mais frequente. Isso acontece porque é nessa idade que os problemas de saúde começam a surgir ou se intensificar.

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), os valores são determinados por faixas etárias. De quatro em quatro anos, conforme o beneficiário atinja uma determinada idade, ele passa para outra faixa e o valor do plano aumenta. Depois dos 59 anos, não há mais variação no valor da mensalidade em razão de mudança de faixa etária.


O percentual de reajustes por faixa etária deve constar no contrato. O valor fixado para a última faixa etária (59 anos ou mais) não pode ser superior a seis vezes o valor da primeira faixa (0 a 18). Além disso, a variação de valor acumulado entre a sétima e a décima faixas não deve ser maior do que aquela entre a primeira e a sétima.

 

Motivos para contratar um plano de saúde para idosos

O convênio médico oferece serviços relacionados à saúde com um preço fixo. Com ele, o beneficiário pode se cuidar de forma constante, com consultas periódicas com especialistas. O acesso facilitado ao cuidado pode evitar que o idoso procure um médico apenas quando já estiver com a saúde comprometida.


Como os planos também há a possibilidade de ter um atendimento mais acolhedor do que no SUS, por conta da alta demanda que o serviço único de saúde possui. Algumas operadoras ainda oferecem descontos em drogarias, o que reverte em medicamentos mais em conta.


Há ainda programas especiais de medicina preventiva para pessoas nessa faixa etária.  Os programas de Assistência ao Idoso (PAI) da Notredame Intermédica, por exemplo, apresentam 65% de redução em internação de idosos de alto risco. Já o Programa de Apoio ao Paciente com Doenças Crônicas (PAC), a redução é de 67,5% na internação de pacientes que sofrem com asma, diabetes, bronquite, cardiovasculares, pressão arterial, obesidade, entre outros.  

Quem reside em Jundiaí e Sorocaba, pode consultar as novidades oferecidas no NotreLife 50+, plano regional focado neste público mais sênior. Acesse www.gndi.com.br/saude/notrelife e saiba mais. 

Fonte: Grupo NotreDame Intermédica. Acesso em 17/09/2019.  

 

Responsável pelo conteúdo:
Luiz Celso Dias Lopes
Diretor Técnico do Grupo NotreDame Intermédica

Quero cotar plano de saúde