9 sinais de que a sua saúde mental não vai bem

-

Ao menor sinal de dor ou desconforto físico, já ligamos o sinal de alerta, tomamos um remédio, procuramos um serviço médico. O curioso é que não fazemos isso quando se trata da saúde mental. Muitas vezes, negligenciamos os indicativos de que nossa mente precisa de cuidados – e encaramos os sintomas como “vai passar, é só uma fase conturbada”.

Cuidar da saúde mental é tão importante quanto cuidar da saúde física, alimentar-se bem, beber água e praticar atividade física. Esse é o “pacote” essencial para ter qualidade de vida. Não é por acaso que a Organização Mundial da Saúde (OMS) define o termo saúde como sendo o equilíbrio entre o bem-estar físico, mental e social.

Homem e mulher meditando sentados

SUMÁRIO

9 sinais de que a sua saúde mental precisa de cuidado especializado:

Estresse, ansiedade, rotina desregulada, excesso de trabalho, poucas horas de sono, sedentarismo, sobrecarga de tarefas, ritmo de vida muito acelerado... tudo isso é um prato cheio para acarretar distúrbios emocionais. A seguir, confira 9 sinais de que a sua saúde mental precisa de cuidado especializado:

1 – Alterações no padrão do sono: tanto insônia quanto dormir demais com frequência são fatores que merecem atenção.

2 – Isolamento: distanciar-se de pessoas queridas e que fazem parte do convívio não é saudável. O mesmo acontece com desculpas recorrentes para não socializar, recusar convites para encontrar amigos e familiares, não querer sair de casa ou ainda ter muita dificuldade para sair da cama e fazer atividades do dia a dia.

3 – Cansaço e desânimo: é preciso atenção à sensação frequente de esgotamento e indisposição, mesmo depois de dormir muito bem, descansar ou passar um final de semana bem tranquilo.

4 – Dificuldade de concentração: essa é uma das habilidades mais afetadas por problemas mentais. O raciocínio fica lento, a produtividade diminui e falta foco para realizar tarefas simples. Isso também acarreta crises de esquecimento.

5 – Mudança no apetite: comer demais ou não sentir fome – que levam, respectivamente, a aumento ou perda repentina de peso – são situações relacionadas à ansiedade, estresse, uso de determinados medicamentos, entre outros fatores que precisam ser investigados.

6 – Variação de humor: apresentar mudanças drásticas de humor ao longo do mesmo dia é sintoma de distúrbio mental. Também vale a pena ficar atento à reação exagerada de raiva, frustração e tristeza sem motivo.

7 – Sensação de vazio e incapacidade, apatia e pessimismo: pessoas com transtornos mentais podem começar a criar visões distorcidas da realidade, que causam medo, angústia e insegurança.

8 – Dores físicas: problemas emocionais causam tensão muscular, que levam à dor, geralmente na região dos ombros, pescoço e lombar. Mas, também podem provocar enxaqueca, taquicardia, distúrbios gástricos etc.

9 – Queda da imunidade: o desequilíbrio emocional abala a saúde geral e pode deixar a pessoa mais suscetível a doenças, infecções, queda de cabelo, enfraquecimento das unhas e até interrupção da menstruação.

Iniciativas para relaxar e controlar o estresse

Sabe-se que o estresse é um dos principais gatilhos que abalam a saúde mental. Confira algumas medidas importantes que ajudam a aliviar a tensão e a manter a estabilidade emocional:

  • Priorizar a alimentação saudável;
  • Controlar a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Evitar o tabagismo;
  • Ter momentos de lazer e de tempo livre;
  • Dormir adequadamente;
  • Praticar atividades físicas regularmente;
  • Adotar técnicas de meditação e de relaxamento;
  • Realizar atividades prazerosas, como ler, dançar, pintar, escrever etc;
  • Fazer algum hobby;
  • Socializar com amigos e familiares;
  • Realizar passeios ao ar livre;
  • Ter contato com a natureza.

Ajuda especializada

Ao identificar alguns desses sintomas é importante buscar ajuda especializada. O Grupo NotreDame Intermédica conta com uma equipe multidisciplinar acolhedora e treinada para garantir diagnósticos assertivos e tratamentos eficazes.

As consultas podem ser feitas pelo serviço de telepsicologia, ou seja, realizadas de forma on-line por teleconferência. Disponível a todos os beneficiários dos planos de saúde GNDI, esse recurso agiliza o atendimento e facilita o acesso do beneficiário, que não precisa se deslocar até o consultório.

Fonte: NotreDame Intermédica

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico da NotreDame Intermédica