Desmistifique a ejaculação precoce

Considerada um tabu para a maioria dos homens, a ejaculação precoce atinge 30% da população masculina. Caracteriza-se pela incapacidade de controlar a ejaculação durante o ato sexual, que acaba acontecendo em até 1 minuto após a penetração. Cabe lembrar que só se considera um problema quando a situação se repete em mais da metade das relações sexuais de um indivíduo. 

Por que ocorre a ejaculação precoce?

  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Estresse elevado;
  • Baixa autoestima/autoconfiança;
  • Problemas emocionais;
  • Distúrbios hormonais;
  • Distúrbios emocionais;
  • Fatores genéticos.

Como identificar a ejaculação precoce

Na maioria das vezes, a ejaculação precoce manifesta-se na adolescência, pois é neste momento que o homem está descobrindo a vida sexual e ainda não sabe como deve se portar, o que gera ansiedade e nervosismo e impacta diretamente no desempenho sexual. 

Porém, homens de todas as idades, com problemas psicológicos, bloqueios interpessoais, disfunção erétil e distúrbios hormonais, fatores genéticos e problemas na próstata também podem lidar com este problema. Para identificar, basta ficar de olho em quanto tempo você (ou seu parceiro) leva para controlar a ejaculação. 

Para concluir um diagnóstico assertivo, é necessário procurar a ajuda de um profissional médico, podendo ser um urologista, psicólogo ou até psiquiatra e, claro, não ter vergonha de responder aos questionamentos que serão apresentados. 

Fatores de risco da ejaculação precoce

A instabilidade emocional é um dos principais fatores que leva um indivíduo a vivenciar a ejaculação prematura. Acontece que, quando se fica nervoso ou ansioso, automaticamente limita-se o pensamento e concentração, o que pode influenciar negativamente para atingir os resultados esperados.  

Tratamento contra a ejaculação precoce

Ainda não existem remédios específicos para controlar a ejaculação precoce. No entanto, mediante avaliação e diagnóstico, especialistas podem indicar anestésicos locais, remédios antidepressivos, relaxantes musculares e ansiolíticos, que poderão auxiliar no controle do orgasmo. 

Veja algumas técnicas que podem contribuir para retardar a ejaculação durante uma relação sexual: 

  • Adquirir mais experiência sexual;
  • Realizar diferentes tipos de masturbação (é importante se conhecer);
  • Preferir posições sexuais mais relaxantes;
  • Realizar algumas pausas durante a relação sexual.

Lembre-se: o princípio do tratamento para a ejaculação precoce está na estabilidade emocional e psicológica. 

Referências

Ejaculação precoce: o que é, causas, tratamentos caseiros e como evitar - acessado em 23/10/2018

Ejaculação precoce: causas, sintomas e tratamentos - acessado em 23/10/2018

Ejaculação Precoce – O que é ? O que fazer? Entenda o problema e aprenda a controlar - acessado em 23/10/2018

Ejaculação precoce: 10 perguntas e respostas - acessado em 23/10/2018

 


Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Pires de Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica