Pólipos intestinais podem virar câncer, mas é possível prevenir

Pólipos intestinais são pequenos aglomerados de células que podem se formar dentro do intestino. Na maioria dos casos, são inofensivos. Mas, ao longo do tempo, alguns deles podem se transformar em câncer colorretal. Por isso, é muito importante saber o que fazer para prevenir o surgimento de pólipos o intestino, bem como tratá-los.

Qualquer pessoa pode desenvolver pólipos intestinais. Mas o seu risco é maior se você tem mais de 50 anos, está acima do peso, é fumante, tem alguma doença do intestino ou tem um familiar que já teve pólipos ou câncer colorretal. Se você está nessa faixa de risco deve fazer exames de rastreio regularmente, já que esse crescimento, em geral, não causa nenhum sintoma.

O teste de sangue oculto nas fezes e a colonoscopia são alguns dos exames que podem ser solicitados pelo seu médico. Muitas vezes, os pólipos intestinais pode ser removidos durante a própria colonoscopia. Em outros casos, por conta de seu tamanho, necessitam de cirurgia. Quanto antes os pólipos forem removidos, menores as chances de que se transformem em câncer.

A retirada dos pólipos intestinais diminui em até 90% o aparecimento de câncer colorretal, segundo um estudo feito nos Estados Unidos. Por isso, é uma estratégia de saúde muito importante prevenir, detectar e tratar os pólipos.

 

Alimentação influencia o crescimento de pólipos intestinais

Estudos sugerem que algumas mudanças na alimentação podem diminiur os riscos de você ter pólipos intestinais:

  • Vegetais - incorpore na sua dieta uma variedade de frutas, legumes e verduras;
  • Alimentos integrais - Ccoma mais alimentos integrais;
  • Vitamina D - inclua alimentos ricos em vitamina D, tais como: ovos, fígado, certos tipos de peixe, como sardinha;
  • Cálcio - inclua alimentos ricos em cálcio, tais como: leite, queijo, iogurte e brócolis. Existem suplementos de cálcio e de vitamina D, mas é importante ter recomendação médica;
  • Carne vermelha - diminua a quantidade de carne vermelha, como a de vaca e de porco;
  • Alimentos gordurosos - diminua a quantidade de alimentos gordurosos e processados.

Outras mudanças no seu estilo de vida também podem ajudar na prevenção:

  • Álcool - limite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Fumo - não fume;
  • Peso - mantenha um peso saudável;
  • Exercícios - pratique exercícios físicos regularmente.

Embora adotar um estilo de vida saudável ajude a evitar, nada pode garantir totalmente a prevenção dos pólipos intestinais. Por isso, converse com seu médico sobre a necessidade de fazer exames para detectá-los.

 

Referências

http://www.abrapreci.org.br/saiba-o-que-sao-como-surgem-e-como-tratar-os-polipos-intestinais/, acessado em 28/11/16
http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/colon-polyps/basics/prevention/con-20031957, acessado em 28/11/16
https://www.niddk.nih.gov/health-information/health-topics/digestive-diseases/colon-polyps/Pages/eating-diet-nutrition.aspx, acessado em 28/11/16
http://patients.gi.org/topics/colon-polyps/, acessado em 28/11/16

Responsável pelo Conteúdo:
Dr. Rodolfo Albuquerque
CRM: 40.137
Diretor Médico do Grupo NotreDame Intermédica