Suspensão de Cirurgias e Consultas Eletivas

 

São Paulo, 19 de março de 2021 – Considerando o atual momento de forte pressão, em âmbito nacional, pela disponibilidade de leitos públicos e privados para internação de pacientes com Covid-19 e visando a sua proteção e de seus familiares, o Grupo NotreDame Intermédica informa que estão suspensas desde já, e em caráter temporário, as cirurgias eletivas, tanto na Rede Própria, como na Rede Credenciada. Neste momento crítico, verificamos muitos pedidos de autorização, principalmente em Rede Credenciada, para procedimentos eletivos e/ou sem caracterização de urgência/emergência, cujo adiamento ou reprogramação de datas não acarreta risco ao paciente.
 
A ANS recomendou que se evite a exposição desnecessária de beneficiários ao risco de contaminação, devendo as operadoras e rede hospitalar privada priorizarem a assistência aos casos graves da Covid-19.

Essa situação especial do momento vem levando as autoridades governamentais, por meio das Secretarias de Saúde, bem como os Ministérios Públicos, a requisitar a toda rede hospitalar informações sobre disponibilidade de leitos privados, prioritariamente, para atendimento aos casos de Covid-19.

Também em vista do crescimento de novos casos da Covid-19 e o aumento da internação de pessoas infectadas, o Grupo NotreDame Intermédica informa que está cancelando e não está agendando consultas eletivas em Centros Clínicos da Rede Própria, com EXCEÇÃO para as Unidades no Rio de Janeiro, que continuam com atendimentos em todas as especialidades. Todas as agendas presenciais de Oncologia, Psiquiatria, Pré-Natal e Puericultura (recém-nascidos e pós-parto) e outras especialidades críticas serão mantidas. Para os pacientes em tratamento crítico com especialistas, estarão disponibilizadas agendas presenciais em alguns Centros Clínicos. Todos os outros atendimentos (Atenção Básica e especialidades) poderão ser acessadas via Telemedicina. Essas medidas por parte do GNDI têm o intuito de para evitar novas infecções e destinar os espaços físicos da Rede Própria para pacientes com casos suspeitos ou confirmados pelo Coronavírus.

Neste sentido, solicitamos a sua compreensão para tal conduta, pois entendemos que um leito vago de internação ou UTI deve ser priorizado para casos graves de Covid-19 e demais casos de urgência/emergência inadiáveis, de forma a não prestar prioridade para um paciente que pode aguardar o procedimento médico por outro momento de maior controle, evitando-se a perplexidade diante do risco de vida de outros pacientes.

Desde já agradecemos e pedimos sua colaboração no sentido de propagar as orientações de cuidados pessoais a todos os seus familiares, em especial chamando a atenção em relação ao acesso de serviços de telemedicina, de modo a limitar a procura presencial de serviços somente aos casos de COVID.

Atenção: uma vez normalizada a situação de pandemia em nosso País, solicitamos que entre em contato por meio dos canais de atendimento disponíveis para a remarcação de consultas ou cirurgias.

  • Telemedicina GNDI  

caso precise de atendimento médico não relacionado ao Coronavírus ou até se estiver com suspeitas de contaminação, você pode conversar com a equipe do GNDI. Conheça mais detalhes sobre nosso serviço.

  • Central de Dúvidas  

canal de dúvidas com equipe especializada para atendimento remoto nas mais diferentes especialidades médicas, inclusive sobre o Coronavírus. Entre em contato pelo 4090-1750 (regiões metropolitanas) ou 0800 409 1750 (demais localidades). Na ligação, após sua identificação, digite 0 (urgência) e aguarde pelo atendimento.