Grupo NotreDame Intermédica dobra EBITDA em 2015

 

São Paulo, 1º de abril de 2016 - O Grupo NotreDame Intermédica (GNDI), terceira maior empresa do setor de saúde suplementar do País, reportou lucro líquido de R$ 236 milhões em 2015, aumento de 245% em relação a 2014, de acordo com os dados financeiros divulgados nesta quinta-feira, 31 de março. No período, o EBITDA (lucro antes de juros, impostos e depreciação) cresceu 110%, passando de R$ 157 milhões em 2014 para R$ 330 milhões em 2015.

Já a receita líquida alcançou R$ 2,9 bilhões, crescimento de 18% quando comparado a 2014. Em número de beneficiários, a elevação foi de quase 20%, fechando o ano com 3,6 milhões de vidas, sendo 1,9 milhões do segmento de plano de saúde, operado pela NotreDame Intermédica Saúde, 1,2 milhões da Interodonto Sistema de Saúde Odontológica e 0,5 milhões da RH Vida Saúde Ocupacional, empresas que integram o Grupo NotreDame Intermédica. O índice de sinistralidade no ano ficou em 75%, levemente melhor que a média apresentada em 2014.

De acordo com o presidente Irlau Machado Filho, "a performance apresentada em 2015 deve-se ao cumprimento rigoroso da missão do Grupo de tornar saúde de qualidade acessível a gerações de brasileiros". 

Um dos destaques do ano passado foi a aquisição do Grupo Santamália Saúde, um dos principais da região do ABCD paulista, realizada em novembro, que permitiu a ampliação da participação do Grupo no mercado de saúde com a incorporação de 250 mil beneficiários, dois hospitais, 17 centros clínicos e cinco unidades de pronto atendimento. A compra do Hospital Family, localizado em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, efetivada em dezembro passado, também reflete a estratégia do Grupo de ampliar sua rede própria.

Além das aquisições, 2015 foi marcado por outras importantes realizações como a inauguração do Centro de Oncologia na capital paulista, a reforma dos hospitais e centros clínicos, certificação de qualidade ONA (Organização Nacional de Acreditação) em todos os hospitais, lançamento do novo portfólio de produtos para contemplar todos os perfis de clientes, fortalecimento do canal de vendas via corretor, mudança da marca e integração das áreas corporativas do Grupo.

Atualmente, o Grupo Notredame Intermédica mantém 11 hospitais, 8 maternidades integradas, 14 prontos-socorros, 59 Centros Clínicos e 9 Unidades de Medicina Preventiva localizados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, além de ampla rede credenciada. Desde 2014, o Grupo é controlado pela Bain Capital, fundo norte-americano que atua há mais de 30 anos no setor de saúde.
 

Sobre o Grupo NotreDame Intermédica

Reconhecidamente sólido, o Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) possui 48 anos de atuação na área da saúde e é representado pelas empresas NotreDame Intermédica Saúde S/A, Interodonto Sistema de Saúde Odontológica Ltda. e RH Vida Saúde Ocupacional.

A estrutura de atendimento do Grupo NotreDame Intermédica é composta por ampla rede própria e credenciada de centros clínicos, hospitais, prontos-socorros e maternidades, dentistas e clínicas odontológicas presentes em todo o País. Além disso, assessora e gerencia, em tempo real, a medicina ocupacional e a segurança do trabalho de centenas de empresas.

A companhia é pioneira em Medicina Preventiva e, por meio de programas estruturados, trabalha para oferecer saúde integral com acolhimento aos seus mais de 3,5 milhões de beneficiários, além de proporcionar qualidade de vida e bem-estar e incentivar a adoção de hábitos saudáveis em cada etapa do atendimento.

O Grupo está estruturado, hoje, com cerca de 9 mil colaboradores, 59 Centros Clínicos, 9 Unidades de Medicina Preventiva (Qualivida), 11 hospitais, 8 maternidades integradas e 14 prontos-socorros, todos próprios, localizados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, além de ampla rede credenciada. Possui filiais nas cidades de Campinas Jundiaí, Santos e Sorocaba.

Em 2014, o grupo de investimentos norte-americano Bain Capital assumiu o controle acionário do Grupo NotreDame Intermédica e implantou um novo modelo de gestão, focado em proporcionar mais investimentos, inovação e tecnologia.