Transforme o tempo em sinônimo de saúde

Adotar estilo de vida saudável é o caminho para envelhecer com saúde

 

Estamos vivendo cada vez mais. A expectativa de vida da população brasileira passou de 74,9 anos, em 2013, para 75,2 anos, em 2014, conforme destacou a Dra. Danielle Amoêdo, médica do PAI (Programa de Assistência ao Idoso), do Grupo NotreDame Intermédica, durante as Oficinas de Saúde de setembro, que tiveram como tema "Envelhecer com Saúde". 

Dirigidas a beneficiários dos Planos de Saúde da NotreDame Intermédica, as Oficinas são sempre realizadas nas Unidades de Medicina Preventiva - QualiVida de São Paulo, Campinas, Jundiaí, ABC, Sorocaba e Rio de Janeiro. "Ao contrário de outros tempos, hoje é comum vermos pessoas com mais de 60 anos iniciando uma faculdade, praticando esportes, entre outras atividades", disse a Dra. Danielle.

A médica explicou o processo de envelhecimento do corpo e frisou que, mais do que herança genética, a qualidade de vida de uma pessoa na terceira idade é reflexo do estilo de vida adotado durante sua vida adulta. "Apenas 25% da nossa longevidade dependem de fatores hereditários; 75% dizem respeito ao nosso estilo de vida", enfatizou. Entre os inúmeros cuidados importantes citados por ela estão a importância de se ingerir bastante água; adotar uma alimentação saudável, com muitas frutas e verduras; praticar exercícios físicos e evitar erros comuns, entre os quais a polifarmácia, ou seja, o consumo excessivo de medicamentos sem o conhecimento de um médico.

Dra. Danielle destacou, também, ser fundamental o idoso ter momentos de lazer e socializar-se com amigos e familiares, o que contribui para sua autonomia. Afinal, não basta viver mais, pois é importante também viver bem. Para encerrar o encontro, alertou: "Comece hoje, mesmo, a cuidar de você".

Quem ainda não é beneficiário da NotreDame Intermédica também pode conferir o conteúdo desta e das demais palestras promovidas nas Unidades de Medicina Preventiva - QualiVida. Para isso, basta acessar a página de vídeos no Portal GNDI ou o canal oficial da Empresa no YouTube.

 

Veja as opiniões de alguns participantes da Oficina:

 

"Gostei muito de todos os pontos abordados. Decidi procurar imediatamente uma nutricionista para me orientar em relação à minha alimentação. Pretendo participar de outras Oficinas. Até já combinei com uma amiga que conheci aqui."

Lourdes Vasques, 70 anos.
 

"Vim assistir à palestra acompanhando minha mãe, de 61 anos, e trouxe minha filha de 13. Somos três gerações interessadas no assunto. Quanto mais cedo começarmos a seguir orientações como as que foram passadas aqui, melhor."

Ana Paula de Lima, 39 anos

 

Acesse nossas Redes Sociais:

Mais notícias