Corretores PJ participam de Happy Hour do Grupo NotreDame Intermédica em São Paulo

São Paulo, 18 de outubro de 2017 - O Grupo NotreDame Intermédica realizou, na noite do dia 17 de outubro, mais uma edição de seu Happy Hour para corretores PJ. O encontro ocorreu na cervejaria 3 Brasseurs Brasil, em São Paulo, e contou com a participação de cerca de 100 profissionais que puderam interagir em clima descontraído. Nilo Carvalho, Vice-presidente Comercial do Grupo NotreDame Intermédica, foi o responsável pela abertura do evento e aproveitou a ocasião para falar sobre o impacto negativo que as fraudes têm causado para a saúde suplementar no Brasil. “Somente nos últimos três anos, estima-se que as fraudes custaram incríveis R$ 77 bilhões para a saúde suplementar. A saúde, hoje, é cara por conta do modelo que está errado. E é preciso que vocês, corretores, levem isso para as discussões com seus clientes”, disse.    

Já Teresa Guedes Frei, Diretora Executiva Comercial PJ do Grupo NotreDame Intermédica, lembrou  a todos os presentes sobre os recentes investimentos do Grupo e a força do Programa Interligados (o programa de relacionamento do GNDI com os corretores). “Ficamos muito felizes quando olhamos para nossa história recente e percebemos que os esforços estão valendo a pena. Enxergamos os corretores como essenciais para este sucesso e queremos ainda muitas vidas para este ano. Um bom setor comercial nunca se contenta com os números alcançados”, comentou a executiva.

Um dos participantes, o corretor Adriano Brito da TRR Inteligência em Seguros, lembrou que todos estão passando por um ano difícil, mas ressaltou a força da parceria com o GNDI e elogiou o empenho dos profissionais do Grupo em participar do dia a dia dos clientes para propor soluções. “As fraudes e desperdícios na saúde realmente estão impactando muito nosso mercado, mas acredito que este modelo de negócios do GNDI tem ajudado muito a superarmos estes desafios”, pontuou.

Quem também esteve presente no Happy Hour GNDI foi Luiz Eduardo Gevaerd, diretor da AON Corretora. “Este tipo de aproximação num ambiente um pouco mais leve é crucial para termos oportunidade de conversarmos sobre o nosso dia a dia e interagirmos. Ter a oportunidade de ouvir os profissionais do alto escalão do GNDI nos ajuda bastante também em nosso discurso de vendas”, reforçou o diretor da AON.