Os perigos da hipertensão

Agir preventivamente é o melhor caminho para evitar uma das principais doenças crônicas

O que é hipertensão arterial e qual a incidência da doença?

Dr. José Maria - A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados da pressão arterial. Atinge 30% da população geral, aumentando com a idade. Chega a afetar 50% das pessoas com idades entre 60 e 69 anos e 75% das que têm mais de 70 anos.  Pode provocar infarto e derrame cerebral e comprometer o funcionamento dos rins, entre outras doenças.

Quais os principais sintomas da hipertensão?

Dr. José Maria - Na maioria dos casos é uma doença silenciosa. No entanto, algumas pessoas podem apresentar sintomas como dor de cabeça, falta de ar, vômito, alteração na visão, sangramento nasal, tontura, cansaço. São sinais decorrentes de lesões nos vasos do coração, olhos, rim e cérebro.

Quais são os principais fatores de risco?

Dr. José Maria - Existem causas não evitáveis, como a idade, a genética e o fato de ser uma doença mais predominante entre homens e pessoas da raça negra. E há, também, as causas evitáveis, como obesidade, sedentarismo, consumo de álcool, tabagismo, alimentação industrializada ou com excesso de sal e de gorduras.

Como se prevenir contra a hipertensão?

Dr. José Maria - Medição da pressão arterial em consultas médicas, adotar alimentação equilibrada, com frutas e verduras, evitando excesso de gordura, de sal e de alimentos industrializados; praticar exercícios físicos regularmente, não fumar, não ingerir bebida alcoólica ou beber com moderação, e controlar o estresse, descansando e adotando atividades de lazer.

Que tipo de apoio o Grupo NotreDame Intermédica oferece ao beneficiário nesse sentido?

Dr. José Maria - O Grupo NotreDame Intermédica é pioneiro e referência em Medicina Preventiva, adotando o conceito de Assistência Integral à Saúde. Desenvolvemos diversos programas, entre eles o PAP (Programa de Apoio ao Paciente com Doenças Crônicas), voltado para pessoas com hipertensão, diabetes, doenças cardíacas, entre outras. No Portal do GNDI (www.gndi.com.br), o beneficiário encontra os telefones para os quais pode ligar para esclarecer dúvidas ou receber acompanhamento telefônico com orientações sobre alimentação e medicamentos. Além dos médicos, contamos com equipes multidisciplinares, como enfermeiros, psicólogos e nutricionistas, que também oferecem apoio ao paciente. Importante salientar que a hipertensão não tem cura e precisa ser controlada sempre.

Fique atento: em 2 agosto será realizada a Oficina de Saúde sobre o tema Coração!

 

Acesse nossas Redes Sociais:

Mais notícias