1. Qual é a diferença entre dor de cabeça e enxaqueca?

A dor de cabeça, que recebe o nome técnico de cefaleia, é uma dor em qualquer região do crânio. Existem mais de 150 tipos de dores de cabeça. A enxaqueca (também chamada de migrânea) é só um desses tipos, e tem características e tratamentos próprios.

Leia mais

2. Como reconhecer a enxaqueca?

Algumas características distinguem a enxaqueca de outros tipos de dor de cabeça:

Duração das crises - se não for medicada, a enxaqueca pode durar de 4 a 72 horas;
Tipo de dor - dor latejante e, geralmente, em um único lado da cabeça;
Intensidade da dor - moderada a forte;
Sintomas - além da dor, as crises de enxaqueca também vêm acompanhadas de intolerância à luz; intolerância a ruídos; intolerância a odores e, frequentemente, náusea e vômito;
Fatores que podem agravar a crise - movimentar a cabeça, fazer movimentos bruscos, esforços físicos, esforços mentais e, em alguns casos, ficar deitado;
Fatores que podem melhorar a crise - aplicar gelo, comprimir as têmporas e, em alguns casos, dormir.

 

Leia mais

3. Existe mais de um tipo de enxaqueca?

As duas formas mais frequentes são a enxaqueca sem aura e a enxaqueca com aura. No segundo tipo - que afeta entre 15% e 20% das pessoas que sofrem de enxaqueca -, a crise de dor é precedida por sintomas neurológicos passageiros, tais como:

  • Ver luzes brilhantes, linhas em ziguezague ou pontos cegos;
  • Dormência ou formigamento no rosto ou nas mãos;
  • Olfato, paladar ou tato prejudicados;
  • Confusão mental.

Leia mais

4. Como é feito o diagnóstico?

O médico pedirá informações detalhadas dos seus sintomas – incluindo a frequência, a duração e a localização da dor – para poder determinar se você tem enxaqueca ou outro tipo de dor de cabeça. É provável que o profissional também peça exames como, por exemplo, tomografia.

Leia mais

5. A enxaqueca requer um tratamento específico?

A enxaqueca não deve ser tratada como uma simples dor de cabeça. Já existem medicamentos mais especícificos e eficazes, tanto para impedir que ela aconteça como para reduzir a dor durante uma crise. Além disso, mudanças no estilo de vida também são recomendadas, por exemplo:

  • Evitar cigarros, cafeína e álcool;
  • Praticar exercício físico regularmente;
  • Dormir o suficiente todas as noites;
  • Reduzir o estresse em sua vida;
  • Comer regularmente.

Leia mais

6. A enxaqueca é um problema genético?

Leia mais

A enxaqueca tende a ocorrer em famílias. Quatro em cada cinco pessoas com enxaqueca têm história familiar de enxaqueca. Se um dos pais tem enxaqueca, a criança tem 50% de chance de desenvolver enxaquecas. Se ambos os pais têm enxaquecas, o risco salta para 75%.

7. Como diferenciar a enxaqueca da dor de cabeça de sinusite?

A enxaqueca pode causar pressão na face, congestão nasal, olhos lacrimejantes e outros sintomas semelhantes à dor de cabeça da sinusite, que acontece em virtude de uma infecção viral ou bacteriana. Veja algumas das diferenças:

  • Incapacitação - as dores de cabeça de sinusite não costumam ser incapacitantes, ao contrário das enxaquecas;
  • Náusea e sensibilidade à luz - a enxaqueca, assim como a dor de cabeça da sinusite, causa náusea e sensibilidade à luz;
  • Secreção nasal - A sinusite vem acompanhada de secreção pelo nariz de cor amarelada ou esverdeada e, às vezes, febre. A enxaqueca pode ter corrimento nasal, mas a secreção é clara.

Para o tratamento da sinusite pode ser necessário o uso de antibióticos. .Muitas pessoas se autodiagnosticam e se automedicam de forma equivocada. Por isso, é fundamental consultar um médico para o diagnóstico e tratamento corretos. 

Leia mais

8. Como a enxaqueca é desencadeada?

Muitas enxaquecas podem ser desencadeadas por fatores externos, tais como:

  • Estresse emocional;
  • Produtos químicos e conservantes nos alimentos;
  • Cafeína e bebidas alcoólicas;
  • Alterações climáticas, ventos fortes ou mudanças de altitude;
  • Períodos menstruais;
  • Tensão;
  • Fadiga excessiva;
  • Falta de refeições;
  • Alterações no padrão de sono normal.

Leia mais

9. Quais são outros tipos comuns de dor de cabeça?

Outros tipos comuns de dor de cabeça incluem:

Cefaleia tensional - a maioria das dores de cabeça são do tipo tensional. Ela é de intesidade leve ou moderada. É agravada por eventos estressantes e envolve  o aperto ou tensionamento dos músculos faciais e do pescoço.

Cefaleia em salvas - dores de cabeça em salvas causam episódios repetidos e intensos de dor com duração de 15 minutos a três horas ou mais. Pode ser acompanhada de vermelhidão no olho, lacrimejamento, congestão nasal e queda da pálbra do mesmo lado da dor.

Leia mais

10. Quando devo procurar tratamento para dor de cabeça?

Algumas vezes, a dor de cabeça pode ser um sinal de um problema mais sério. Você deve procurar um médico se:

  • Você tem várias dores de cabeça por mês e cada uma dura várias horas ou dias;
  • Suas dores de cabeça atrapalham sua vida profissional e pessoal;
  • Elas são acompanhas de náuseas, vômitos, problemas de visão e formigamento;
  • Elas são acompanhadas de dor ao redor do olho ou orelha;
  • Elas são acompanhadas de uma rigidez no pescoço;
  • Você tem dor de cabeça com confusão mental;
  • Você tem dor de cabeça com convulsões;
  • Você teve uma queda ou trauma recente na cabeça;
  • Você começou a ter dor de cabeça subitamente.

Leia mais